A dieta da dieta

Sou daquelas pessoas antiquadas que toma pequeno-almoço. É sempre o mesmo, há anos e anos, e não é assim um festim enfarta-brutos, mas preciso dele mal acordo. A monotonia de uma tigela grande cheia de cereais com leite fresco é um luxo. Às vezes, tenho até esta certeza, só acordo a sério com o som estaladiço do maxilar a esmagar os flocos, bem ali ao lado do meu ouvido. Antes disso sou meio zombie. E mordo, podem crer.
Ora tenho notado, nos últimos tempos, que o raio dos cereais que prefiro, aqueles que o Brian Molko tão bem imortalizou, são caros. São cereais light, mas na quantidade em que os devoro, garanto-vos que não é em dietas que estou a pensar quando os compro, é só no quanto gosto daquilo. Aos 14 anos, quando comecei neste vício, custou-me muito habituar-me àquele não sabor, depois de anos de Cérelac, mas agora…
O pior é que andamos todos a contar os trocos e, depois de experimentar sem sucesso as imitações das marcas brancas, ocorreu-me que tenho é de passar a comê-los em menor quantidade. Só alguns dias por semana, por exemplo. Ao fim de semana, quando há mais tempo para cozinhados, podia tentar comer umas mistela diferente, umas papas de aveia com mel, ou assim. Talvez até uma sandes de pão fresco ou outra maluqueira assim.
Estou entusiasmada e creio que esta deve ser uma experiência pioneira: vou ser a primeira pessoa do mundo a fazer dieta dos cereais de dieta. Depois conto o resultado. Seja ele qual for.

————

Pus a nuestra hermana Carmen Huerta aí em cima porque muito a admiro e já tive um lindo saco brinde desta marca de cereais que era ilustrado por ela. Tive muito pena quando se rebentou.

24 comments

  1. Rachelet

    Se bem que sabes que não era bem dos cereais que Mr. Molko falava, certo? ;)
    Por favor, não troques os Especial K pelo Special K nessa tua dieta. É capaz de sair caro, no menor dos males.

  2. Sue

    Pequeno almoço para mim tem de ser assim uma coisita mais substancial, tipo uma vaca inteira! (just kidding, sou vegetariana) Mas tem de ter pão…se forem só cereais, passado uma hora estou capaz de comer a caixa inteira :S

    • Alexandra

      É uma questão de hábito. os cereais substituem o pão. Se tiverem fibra então, preenchem o estômago melhor que uma sandocha. Agora tu seres vegetariana éá um desapontamento! ;)

  3. Pipoco Mais Salgado

    Carríssima e eneorme Alexandra, desde que me explicaram que pastéis de Belém e queijo da Serra da Estrela são coisa de poucas calorias, deriva de serem ambos alimentos com grande teor de água, e a água e hipocalórica, isso é sabido, que não quero outra coisa para desjua.

    • Alexandra

      Aceito a sugestão dos pastéis, sou grande apreciadora tanto dos originais e das imitações. Já o queijo da Serra, consigo comer um bocadinho pequenino de cada vez, numa tosta ou duas, mais enjoa-me e assim não chega para pequeno-almoço. Dava-me um fanico ainda antes entrar no cacilheiro! (Só comecei a gostar de queijo aos 20 anos, forcei-me a isso, mas ainda estou a apalpar terreno).

  4. maria madeira

    Adoptei os cereais para o pequeno almoço há já alguns anos e alguns são realmente bastante caros. Entretanto conheci a marca branca do Pingo Doce, experimentei, gostei e por lá fiquei. Desde, os com frutos vermelhos, de flocos integrais, com frutos secos ou simples. Os preços são bastante acessíveis. A qualidade não é inferior a outros de marca.

  5. Antígona

    Há anos que não como outra coisa ao pequeno almoço. Mesmo assim, há alguns anos engordei uns bons quilos e fui a uma nutricionista que me traçou um plano alimentar bem jeitoso. O pequeno almoço ficaria como estava, os velhos cereais com leite fresco (de soja no meu caso, que não me dou bem com o das vacas). No entanto, trouxe para casa a recomendação de quatro colheres de cereais. Quatro colheres, é aquilo a que estou autorizada e funciona lindamente. Uma ou duas peças de fruta, antes, e quatro colheres de cereais numa tigela com leite. É uma forma simpática de reduzir a quantidade sem mexer na qualidade :)

Post a comment

You may use the following HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>