Deus dá Nozes e São Bernardos

Acabo de saber que o dominicano aqui do lado esta semana vai pregar para outra freguesia. Arregaço as manguinhas, começo a fazer o périplo adiado pelos blogs do costume, planeio uma semana feliz repleta de escritos, sem mirones nem restrições e eis que se desprende do alto da montanha uma avalanche de urgências grandes e pequenas. Isto agora só lá vai com um São Bernardo, daqueles que trazem um barrilinho com álcool na coleira e tudo. Imaginem-me derrotada na neve, a beber para esquecer este azar.

5 comments
  1. Alguma coisa contra mirones?

    1. Absolutamente nada contra o que se me dirige. :)

  2. “Barrilinho”?? Tão português meu deus….tão português! Adoro adoro adoro! (agora respira fundo Alexandra. Uma semana, parecendo que não, é coisa que passa rapidinho)

    1. Não percebo se estás a gozar comigo ou não, mas se adoras, ainda bem! :)

  3. Era de mau tom (muito) vir a casa de alguém para o insultar (ainda que em forma de “gozo”) não lhe parece Alexandra?? Ainda me considero um cavalheiro, sim?? ;)

    Acho piada, mesmo, a essa nossa mania de “diminuitivizar” tudo e mais alguma coisa. E quando digo nossa é porque, obviamente, me incluo na “classe”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.