Dieta de Inverno

brownie

Se há coisa pior que uma caixa cheia de brownies e é uma caixa cheia de brownies mesmo à nossa frente. À distância de um gesto, tão fácil. Esticoooou… trincou, mastigou, engoliu. Três repetições, vá. Ainda nem são horas de almoço. Trabalham-se bicípedes, deltóides, músculos anónimos que mexem a língua e o maxilar. Uma festa. Ninguém me pode acusar de falta de exercício.

A receita completa da Charlotte, aqui.

9 comments
  1. Se não queres, manda pra cá que eu trato deles.

    1. Já os comi todos… achavas que íam sobrar? ;)

  2. É só mais um… e depois mais outro porque dá azar comer brownies em números ímpares, e depois mais um porque três é a conta que deus fez e depois tornas a comer outro porque não podes ficar em nº ímpar e quando deres por ti já comeste a caixa inteira :-D

    1. Eu não sabia que dava azar, mas o meu cérebro devia estar a par… ;)

  3. Desse género de exercício também gosto. Além de nos dar mais energia para o quotidiano do que meia hora de passadeira…

  4. A última mensagem não teve direito a assinatura. Cá vai: Mámen

    1. Também sabem muito bem depois de meia-hora na passadeira. Digo mais, especialmente bem. :)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.