iMi (não é uma aplicação da Apple)

Ontem vinha toda feita para escrever sobre dinheiro pela segunda vez no mesmo mês, uma indelicadeza, bem sei, mas depois não tive tempo. Ainda bem porque a Izzie já tinha dito tudo.
Logo depois apareceu-me o meu primeiro IMI. Dito assim parece coisa para dar dores de barriga e se resolver com um banho quente e um tampax, mas parece que é pior. Então decidi-me a marcar as minhas férias deste ano no camping selvagem da Ponta dos Corvos. Parecendo que não, é pertinho de casa, tem vista para três cidades europeias, areia branca e imenso potencial de kitesurf nas ondas do barco do Barreiro.

—–

Foto de *L

22 comments
  1. Engraçado, parece mesmo Punta Cana do Samouco :P
    http://youtu.be/7PEO-iCmQ2A

    (O meu primeiro IMI só vem só em 2014. Estou aterrorizada.)

    1. Ahahahaha, eu não conhecia a Punta Cana do Samouco! Como é possível? Obrigado! Assim até já pago o IMi com mais gosto.
      E não é que é mesmo parecido? Tecnicamente a Ponta dos Corvos é quase ao lado e também tem bom mexilhão.

  2. Ai cum caneco, já estão a chegar as notificações? Chiça penico, não sei se estou emocionalmente preparada. A minha barraquinha foi avaliada para mais do dobro :/
    (ainda assim “só” vale quarenta e tal mil aérios, é o que dá ser dos anos 30)

    1. Ai. Nunca se está emocionalmente preparada. Esta noite tive um sonho pós-apocalíptico em que andávamos todos a tentar sobreviver num pinhal à chuva. Devia ser uma premonição.
      Gostei mesmo muito do teu post de ontem.

  3. cum caraças mesmo. Eu não pago IMI porque vivo em casa arrendada, mas quando casitas antigas de meus avós vieram cá parar, também hei-de pagar. Acho melhor começar já a fazer poupança para isso.

    Alexandra, para não ser tão tristonha a perspectiva desse camping selvagem, podes sempre lançar o desafio para que a blogoesfera se junte a ti. Eu no verão também vou andar à rasca mas acho que umas moeditas para o barco para outra margem ainda arranjo (para mim é outra margem)

    1. Olha, estou quase tentada a organizar o próximo meeting blogosférico…
      O Blogocamping na Margem Sul com direito a: Duas horas de Spa incluindo massagem com lamas medicinais do Tejo, passeio de barco Seixal-Barreiro, apanha de moluscos e salmonelas, Kids Club com tiro à taínha, enfim, um luxo só.
      Só para ver quem tinha coragem.

  4. isso está a parecer-me demasiado radical para mim. É que não tenho nenhumas hunting e está a parecer-me que seria requisito, pelo menos para andar na lama…
    Posso ir mas ficar só a ver?
    .)

    1. Sim, vamos ter Geriatric Club também… :P

  5. Se houver voucher para consultas de dermatologista, e inoculação prévia de hepatite, I’m in.

    1. Claro. Tudo em bom. Pelo sim pelo não, não te deves é descalçar e, apanha do mexilhão, só com luvinha de látex.

  6. Aviso já para levarem óculos de soldador que eu cego as pessoas com o meu tom de pele.

    1. Eu incluo-os no kit de boas-vindas que estou a preparar. Já temos Champomy e tudo.

  7. Ui… felizmente… ou talvez não, depende do ponto de vista, ainda não me apareceu o IMI, se um dia vier para aqui armado em esperto, pago e coloco o NIB do PM, só porque sim!

  8. Aviso já que estou para lá de contente com esta possível descoberta….

    Esta “ponta dos corvos” é a famosíssima “ponta do mato”!? Diz-me que isto não é ali junto ao alfeite… É que se for o que estou a pensar… Aaaaaah… Somos vizinhos!!!

    1. Nem mais. Só lhe chamei Ponta dos Corvos porque é assim que “as pessoas de fora” lhe chamam. Para mim é e há-de ser sempre a velha Ponta do Mato, onde se ía correr com a turma de educação fisíca nas aulas de duas horas e passear com os namorados nas tardes de sábado. Já fomos mais vizinhos, nesse caso, mas não ando longe. :)

      1. Isto é lindo. E subitamente, a identidade da Alexandra a Grande tornou-se “um caso” para Factos “Poirot” de Treino.

        Já fomos bem mais vizinhos até porque agora vivo em Lisboa.

        Mas… ESL!?

        1. Na, na, na… A ESL era a nossa arqui-iniminiga nos campeonatos de vólei do distrito. Ódiozinho de estimação, mesmo. E. S. Moinho de Maré, forever! (mesmo que a escola já não exista)

          1. Quem diria. E eu que até fiz parte dessa equipa arqui-inimiga que vos fustigou até à exaustão. Vezes sem conta ;-). Blogomundinho pequeno.

          2. Vamos lá a ver… venham daí esses anos lectivos ou não falo mais contigo. Eu sou uma pessoa idosa, arquiinimiguei-vos de 91 a 95 mais ou menos, com possível erro de 1 para cima ou para baixo, não me apetece faz contas. Já não me lembro do nome das vossas estrelas masculinas da equipa, mas não é possível esquecer como ficavam em calções.

  9. Olha 2 meus ex vizinhos então!
    LOL

  10. Vamos lá então afunilar isto para ver se nos descobrimos.
    Diria que sou mais idoso que tu. No ano lectivo de 89/90 já andava por lá, naquele centro de formação de campeões de voley, com especialização em esmagar-vos. A jogar, diria que deve ter sido entre 90/91 e 93/94…

    Ainda bem que não te lembras do nome das estrelas da equipa. Assim escuso de passar pela vergonha de não figurar nessa lista. Mas acredito que ainda te lembres de nós em calções… eu também não esqueci a primeira revista que vi com a Cindy Crawford.

    As coisas boas colam-se ao cérebro!

    1. Valha-me Santo Subúrbio, é certinho que te roguei pragas e te avaliei o derriére. Quem diria?
      Eu própria fui jogar duas vezes à ESL e em calções. Foi das poucas vezes que consegui servir por cima. Na verdade sou uma nódoa em desportos de equipa, mas escolhiam-me sempre porque a minha altura “deveria” resultar em blocos geniais. Nunca aconteceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.