12 comments
  1. Eu tenho amendoinzeiros, mas como são leguminosas não vou postar fotos :P

    1. Ai mulher, gosta para aí à vontade mas não me chames “fofa” que eu sou grande de mais para isso e assim fazes-me lembrar uma minha ex-cunhada dos infernos que me chamava “fofinha” (era pior!)
      Dito isto, também estás convidada para a sopa de grão, mal o grão apareça. E estou com muita inveja das tuas mini-férias.

      1. A fofa é a planta, não tu. ahahah

        1. AHAHA, boa, boa, ó S*… é o meu trauma! Começo a ver tudo vermelho quando me lembro da moça e já nem leio como deve ser! Desculpa…

          1. fofona era bem pior ihihih

          2. livra!

  2. Uma dona de casa nos subúrbios de Lisboa que planta…”instagrão”!!! Não há coisas mais produtivas (€€€) para plantar?!

    Aqui fica uma homenagem à outra que cresce na sombra do Instagrão:

    Sou uma erva daninha.
    Nem princesa, nem rainha.

    Não tenho eira nem beira.
    Nem ninguém que me queira.

    Comigo ninguém se importa.
    Todos me querem ver morta.

    Sei que sou amaldiçoada.
    porque não sirvo pra nada.

    Mas a culpa não é minha,
    de ser uma erva daninha.

    Inventaram o herbicida,
    pra me complicar a vida.

    Mas isto não fica assim.
    Vamos ver quem ri por fim.

    Nem princesa nem rainha.
    Sou uma erva daninha.

    JORGE SOUSA BRAGA
    Herbário

    1. Saltando a parte das coisas mais produtivas, que nós aqui somos pelo cumprimento da lei e erva só mesmo da daninha, devo dizer que gostei muitíssimo do poema à dita. Bravo (O) Rosa Maria!

  3. É pôr um bacalhau a crescer ao lado e é uma refeição completa num só vaso…E as ervas que se danem.

  4. Parece que o bacalhau para se dar bem, precisa de uma terra com mais sódio, e onde já estejam plantados 3 ou 4 pézinhos de alho, e disso não tenho. Mas agradeço a ideia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.