Lisboa (mais morta que) Viva

Já não é preciso cairmos em extravagâncias épicas* para que o orçamento mensal estremeça, cambaleie e se precipite no abismo do esquecimento. Se não, vejamos:

Estravagâncias épicas mensais de Alexandra, a grande – uma cronologia

2008 – Fim de semana girlie em Londres com o único intuito de comprar sapatos em Oxford Street  – regresso triunfante com 3 pares**
2009 – Festim alarve de shushi (e tudo o que mais me passou à frente) no Aya
2010 – Ida anual ao cabeleireiro com lavagem, massagem, creme, máscara de hidratação de pontas, aplicação de gloss reflexos dourados, corte e brushing.
2011 – Ténis All Star de couro preto iguais aos do Eddie Vedder
2012 – Senha de passe social***

* De certezinha que sou a primeira pessoa a alguma vez escrever “extravagâncias épicas”.
** Isto só aconteceu desta vez e não foi por achar que os sapatos ingleses são melhores que os portugueses. Bem tento comprar o que é nosso, simplesmente os sapatos portugueses capazes de entrar no pézinho desta Cinderela são todos levados para fora do país, que cá não há malta patuda.
*** L-12, meus meninos, que L-123 é só para ricos.
12 comments
  1. Não me digas que também fazes anos???
    A realidade é cruel, na verdade. Mas essa ida a Londres para comprar sapatinhos…ficou-me entalada (sabes que também tenho essa dificuldade com os sacanas dos sapatos, mas não é pelo tamanho – calço 40 – mas pela qualidade. Sou um gajo um bocado esquisito. Ainda sonho com o dia em que vá direito a Londres, entre no John Lobb e saia de lá com 2 pares de sapatos. E a seguir ‘bora até ao Edward Green. Mais 2 pares. E acabo no G&G: mais 2 pares!

    1. Não faço anos… Devia? ;)
      Eu confesso que estou-me a lixar para a qualidade, para pôr a coisa em bom português. Quero é poder escolher e não ficar com o único par de sabrinas que fizeram em 42. Não aprecio sapatos por causa disso, é inútil ter voto na matéria. Em Londres, qualquer Aldo me serve (cá vai só até ao 39).
      Mas gostei da descrição dessa tua orgia de compras.

      1. Não. Mas pensei que fosse uma cronologia de comemorações :)

        1. Só de extravagâncias pontuais. Mas é o teu aniversário?

          1. Não, ainda falta para aí um mês e vinte e tal dias… :)

    1. hear, hear!

  2. Eu não me importava que aquela nota ali de cima voltasse a ter valor por cá, que não fosse entre coleccionadores.

    Alexandra, esses All Star não são fáceis de encontrar. Onde compraste?

    1. Foi um achado numa loja de centro comercial cheia daqueles ténis horrendos flashantes dos teenagers.

    1. Ah, AH!
      Os sapatinhos eram pretos discretos, nada de glámures e nota bem que aquela foi a ida anual ao cabeleireiro. Não me desgraces, pá!

Responder a trollofthenorth Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.