Luisa Sobral

Achei o primeiro disco da Luisa Sobral uma delícia e não foi só porque adoro cerejas e chantilly. Imagem gráfica, guarda-roupa, acessórios, vídeos, site, até a música, que não é o nada meu estilo, mas foi entrando no ouvido, tudo muito cuidado e bem jeitinho. Fresco, divertido e com uma pinta que é raro ver em Portugal. De comer e chorar por mais, até à cerejinha do topo.

Hoje vi a capa do single novo e apesar da imagem global não desapontar nem destoar do anterior, não gostei nada da fotografia. A Luisa é tão engraçada, porque é que terão escolhido aquela fotografia cabisbaixa que não a favorece nada? Torna-lhe o rosto comprido e triste. Parece que está a morder o interior das bochechas como eu faço quando estou nervosa. Fico logo a pensar se o disco não será deprimente e a tal “mom” castigadora. Ao mesmo tempo intriga-me.
Vou ouvir para ver o que dali sai.

6 comments

  1. Rafa

    É interessante teres ficado com essa ideia. Na verdade, a capa foi feita pelo Gonçalo F. Santos, que é um tipo super talentoso (fotógrafo para a Time Out, GQ e montes de publicações internacionais)…mas percebo o que dizes.
    Eu ouvi uma ou outra música deste novo álbum e…a voz dela está mais anasalada e começa-me a incomodar um bocadinhozinho. Tinha gostado do primeiro também (tão naif, tão colorido, né?), mas o que ouvi deste ainda não me seduziu.
    **

  2. Queen of Hearts

    Desde já as minhas desculpas pelo comentário que pode parecer uma “momzillice” (e eu juro que não sou momzilla, só que tristemente agora vejo muito mais Pandas e afins que antigamente) – mas esta menina, cujo primeiro trabalho era, efectivamente, algo refrescante e bom de ouvir, deve ter sofrido um ataque permanente de rinite alérgica. E isto eu sei-o, não por ter ouvido o novo trabalho, mas pelas vezes em que sou obrigada a ouvir o genérico do Bairro do Panda… que me pone los pelos de punta :/

Post a comment

You may use the following HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>