O Óscar vai nu


Não fiquei a ver os Óscars até às tantas. Voltei para trás mal pisei a carpete vermelha, com medo que me perguntassem “What are you wearing?” e “pijama do Jumbo” não fosse a resposta certa. Ainda mal tive tempo para me informar decentemente sobre os vencedores, sendo que o mais certo é não conhecer metade, que este ano, cinema, está quieto. Mas há um nível de informação que não procuro e que me encontra. E que uma vez absorvida, já não desgruda. Tivesse sido assim com a estética de Platão.

Sei lá eu quem é a Jessica Chastain, mas é certinho que me lembro que se pavoneou para lá com um modelito do meu defunto homónimo McQueen. Estou mortificada de tanta vergonha, mas não tanta que não vos deixe a braços com esta questão profundíssima:

O rebanho que acha que a Gwyneth é o supra-sumo da batata, em toda a sua sobriedade sem ancas, poderá ser o mesmo que matava, há uns meses, por umas leggings Versace com print de palmeiras? Coerência, méééééninas.

 

10 comments
  1. Gosto do teu tom de ‘voz’ à laia de critica. És muito perspicaz!

    1. Obrigado, tem dias!

  2. Alexandra,
    Quanto à Gwyneth, tens toda a razão, li na blogosfera maravilhas daquela”deusa”, mas ou são os meus olhos, ou o meu gosto deixa muito a desejar, acho-a uma escanzelada, sem formas.

    1. Eu até simpatizo com a moça e gosto das roupitas dela, mas sinto falta de qualquer coisa ali para os lado do quadril…

  3. Confirma-se. A ausência de curvas devia ser proibida nestas coisas. A ideia é encher o olho, não olhar para elas e ficar com fome de repente.

    1. Isto apenas era um pequeno desabafo sobre como a Indústria da Moda tomou conta da Indústria do Cinema, mas fico contente que gostes de uma mulher que encha o olho.:P

      1. Se fosse pela Moda abstinha-me de comentar. Deixo isso para os entusiastas e wannabes. Falo do que vejo. :)

        Mas já que se fala de vestidos, gostei bastante do da Natalie Portman.

        1. Ainda não tinha visto e também gosto. O vermelho enche (por falar em trinca-espinhas…)!

  4. É verdade. parece que o desfile na passadeira vermelha é mais importante que a própria cerimónia. Como tu dirias “O meu é mai’ lindo que o teu”.
    E convenhamos, uma mulher sem curvas entusiasma-me tanto como uma unha encravada.

    1. Bem sei, bem sei… já vi a “tua” Scarlett. Uns com tanto e outros com tão pouco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.