“Oh dear! Oh dear! I shall be too late!”

Essa coisa da Diana? Só hoje é que me interessei o suficiente para espreitar o vídeo que correu por aí. E em que é que deu andar a fugir do rebanho? O rapaz aparece, muito vistoso, a colar o seu papelinho sobre o cartaz de um evento que eu desconhecia e que por acaso se dará já esta noite. Será tarde de mais para combinar e descombinar, para sacudir o pó às botas, para o “será que ainda conheço alguém que vá a estas coisas”? A ver vamos.

Enquanto decido, impõe-se aqui um joguinho de palavras a comparar o estado do mundo publicitário à obra de Milton que dá o nome a esta banda. Um bocadinho forçado, mas não resisto, ainda que, verdade seja dita, para um paraíso se perder é preciso ter sido primeiro encontrado. E nós por aqui, “Adãos” e Evas míopes, temos vivido lindamente sem agulhas no nosso palheiro. Ganhámos foi o terrível hábito de nos perfumarmos em abundância para eliminar o cheiro a cavalo.
Por acaso, usarei Cacharel no concerto logo à noite, se lá chegar, mas será o Amour, Amour, porque os rapazes da banda, ainda que menos fascinantes que a loura e linda Diana, e mais carecas do que aquilo que me lembro deles, não merecem nada menos.

9 comments

  1. trollofthenorth

    Consegui vê-los no Hard Club em 2003, já na fase do “Believe in Nothing” e do “Symbol of Life”, muito distantes portanto do “Gothic” ou do “Draconian Times”. Valeu pela experiência. Como concerto foi uma merda, e o Nick Holmes foi um prick de todo o tamanho.

    Isto para dizer que sim, Paradise Lost é “velhos tempos” dos bons. -_-

  2. freeculturelisbon

    desculpa lá grande alexandra esta é para o Troll
    trollofthenorth
    Sabes que o teu site é uma incubadora de viros, pelo menos é o que o meu pc anda a dizer, tentei entrar e aparece-me um alerta vermelho assustador a dizer “Página avaliada como foco de ataques!”
    Homem, tu resolve lá isso que eu já não vou ao teu blog á uns mesinhos e gostava de voltar a ir.

Post a comment

You may use the following HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>