Purpurina Power ou a verdadeira silly season

Tomei café ao sol, só meio pacote de açúcar. Na mesa ao lado, a abelha Maia e os seus dois filhos, um drácula enregelado na sua capa de póliester e uma coisa que não percebi bem se era uma versão pornográfica das Winx ou uma dançarina exótica infantil. Não herdaram as antenas da mãe. Ó ié. Abriu a época da caça.Talento nacional em cima.

3 comments

  1. VdeAlmeida

    Nunca percebi aquelas mães que dizem amar incondicionalmente os filhos, e depois, chegada esta época os sujeitam a humilhações que os devem marcar para a vida inteira. Deve ser vingança do que lhes fizeram em criança.
    Pena não levares o mata-moscas. Aquilo tanto dá para moscas como para abelhas.

Post a comment

You may use the following HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>