Que bem que se está no subúrbio #4

suburbia_05

A bordo do meu barco favorito, 9:20 a.m.
Dez minutos de leitura de rabo no chão, com sol, brisa do rio e pedacinhos de fuligem esvoaçante. Vocês chamem-lhe o que quiserem, eu chamo-lhe luxo.

5 comments
  1. Quem poderá ter argumentos contra ? Impossível.

  2. A felicidade está nestes momentos. Respect*

  3. Right on!
    Mai nada

  4. Um dia fui nessa mesma posição e num barco não muito diferente até Tanger. Foi uma viagem engraçada, também fui a ler, a apanhar sol e a conversar com turísticas nórdicas de visita a Marrocos. Correu tudo “impacável” até conhecer pessoalmente a malta da Alfandega (normalmente os problemas são à vinda, mas não no meu caso). Anyway, fizeste-me lembrar bons tempos com essa foto. E sim, é um luxo poder viajar assim. Oxalá não nos desviemos para uma vida de conforto ao ponto de nos esquecermos destes prazeres simples da vida. (até porque a vida é muito à base de travessias entre margens, certo?)

    1. :) Eu gosto de barcos e travessias e agora fiquei eu com inveja dessa tua viagem. Quando quiseres ir até Cacilhas avisa, não temos Alfândega por lá, mas já vamos tendo um ou outro turista nórdico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.