Que bem que se está no subúrbio #4

suburbia_05

A bordo do meu barco favorito, 9:20 a.m.
Dez minutos de leitura de rabo no chão, com sol, brisa do rio e pedacinhos de fuligem esvoaçante. Vocês chamem-lhe o que quiserem, eu chamo-lhe luxo.

5 comments

  1. Pulha Garcia

    Um dia fui nessa mesma posição e num barco não muito diferente até Tanger. Foi uma viagem engraçada, também fui a ler, a apanhar sol e a conversar com turísticas nórdicas de visita a Marrocos. Correu tudo “impacável” até conhecer pessoalmente a malta da Alfandega (normalmente os problemas são à vinda, mas não no meu caso). Anyway, fizeste-me lembrar bons tempos com essa foto. E sim, é um luxo poder viajar assim. Oxalá não nos desviemos para uma vida de conforto ao ponto de nos esquecermos destes prazeres simples da vida. (até porque a vida é muito à base de travessias entre margens, certo?)

    • Alexandra

      :) Eu gosto de barcos e travessias e agora fiquei eu com inveja dessa tua viagem. Quando quiseres ir até Cacilhas avisa, não temos Alfândega por lá, mas já vamos tendo um ou outro turista nórdico.

Post a comment

You may use the following HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>