Que o céu não me caia na cabeça


Estou danada e um bocadinho preocupada, mas não sei porquê nem com quê. É uma sensação de impotência enervante, esta, ter de chegar ao cerne da questão, andar lá perto, tão perto, e senti-lo escapar. Como a comichão na língua do Freud quando se esqueceu o nome do Signorelli. É uma coisa que pica.
Começo a procurar motivos, pode ser qualquer coisa. Não é com o uso de Comic sans no powerpoint do bosão de Higgs – a mim não me espanta nada que o bom senso dos génios da física se esgote todo nas partículas sub-atómicas. Quero cá saber, não dou likes para esse peditório. Até podem usar Eduardian script da próxima vez. Designers somos todos nós, é uma alegria, cientistas é que só alguns. Floreados caligráficos vão muito bem com tabelas de comportamento atómico, parece.
Também não é com o facto de estar esgotada sem razão válida e não me apetecer fazer nada mais nos tempos livres do que recostar-me no sofá a comer línguas de gato e a ver episódios do Falling Skies. Quem te viu e quem te vê, ó Alexandra. Tu que não gostavas nada de ETs, a achar sublime o barulho dos mechs e a fazer discursos coerentes sobre a elegância do Prometheus para amigos fanáticos. Que o céu não te caia na cabeça, Alexandrurix.
Será por ter estado a defender o meu género no caso programação vs web design? Não é para raparigas? Não é para esta rapariga, isso vos garanto, mas só porque ela não está para aí virada. É tanto só para rapazes como a bricolage. Ou terei de explicar a certas almas iluminadas como foi que descolei a pele do dedo do meu irmão da asa de um De Havilland Mosquito e acabei de o montar sozinha?
Muito menos será por não ser capaz de alinhavar três linhas seguidas sobre o mesmo tema, vai para mais de uma semana, e este blog andar mais morto que vivo.
Na verdade não sei ao certo porque estou tão danada, mas estou e vou continuar a estar. E vou também comprar um perna-de-pau.
Vocês desculpem, entretanto.

19 comments

      • Back Door Man

        E aquilo não se te cola ao céu da boca? Como as hóstias? Eu nem hifens, nem topping nem dois cubos de gelo. É sempre sempre “straight”…

        (Que coisa contra o mega….prazer a dobrar, parece-lhe assim tão mal???)

          • Back Door Man

            Not true. Só as dão aos hereges que se assumem como tal. Mas, se assim for, é porque ainda existe neles alguma réstia de moralidade e estão, portanto, aptos a tomar a dita. Esta é a minha esperança, pelo menos. (quanto ao mega só posso dizer uma coisa……..granda menina pá!!!)

    • Alexandra

      Levamos uma geleira camping gas com uns super-maxi para ti, pronto. Na falta de pernas de pau também marcham. Derretidos pelo deserto e tudo! Não sei é se podemos invocar Tutatis na Califórnia, tão longe da jurisdição do senhor.

      • W

        Fui, e já fui 2 vezes :P
        Na semana passada estive em Amsterdão eheheh

        Se ele só partiu a cozinha dele tiveste sorte. Já viste se calhas a ser vizinha da Sónia Brazão?

        • Alexandra

          Malvado…
          Brinca, brinca, mas a verdade é que o menino que trabalha na cadeira ao lado da minha era vizinho dela. Vivemos todos muito intensamente o caso por causa disso… :P

Post a comment

You may use the following HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>