Satanás e as malas Chanel.

Este é o número de iluminados que hoje, até às 16:55, já perdeu tempo a interessar-se pela coisa da Pêpa ao ponto de fazer like no facebook de escárnio e maldizer que foi criado para condizer com o assunto (sim, que os maldizentes também gostam muito de fazer “pandan”, o que é julgam?). Neste número incluem-se quatro “amigos” meus que não fazem ideia do hype estúpido que há nos últimos tempos à volta dos dos bloggers de moda. Tanto quanto sei, nem sabem o que é um blog e fazem apenas uma pálida ideia do que é a própria moda. Isto para dizer que estão completamente fora de contexto. Atiraram-se, contudo, com unhas e dentes à moça e à marca como se fosse a última coisa que tinham de fazer na vida. Eu também achei tudo mesmo muito divertido, mas caça às bruxas não faço. Sim, isso inclui até as bruxas com graves problemas de dicção. Que raio de mania é esta agora de desatar a crucificar tudo o que mexe? Que mal é que tem querer uma mala? Eu, cof, cof, também já quis uma uma vez…  Irra, maltinha mesquinha! Toda a gente é livre de adorar Satanás (ou malas Chanel) e deitar achas para a fogueira é simplesmente parvo. Eles lá em baixo, já se sabe, gostam bem de ver coisas a arder.

 

6 comments

  1. Mac

    Só achei imperdoável não ter percebido qual a Chanel que ela queria, se ela dissesse que era a 2.55 até nem lhe tinha ligado ao discurso. Nem à pronuncia. Tanta coisa e ninguém se dedica a estudar qual a região do país em que se fala assim ;)
    A sério, depois da dimensão que já tomou, não alinho. Bullying, não mesmo.

  2. Cupcakke

    Honestamente não vejo o motivo de tanto zumzum por todo o lado, mas o que é que interessa a rapariga querer uma mala da Channel? Em que é que isso afecta as pessoas que viram o video? Deixa-as mais pobres por acaso?
    Acho que às pessoas gostam de fazer dramas por tudo.

  3. Alexandra

    Alexandra a “Grande”,

    sinceramente penso que se anda por aí “satanás” deve-se à querida campanha “à procura de joana”. Numa altura em que apenas se fala e escreve sobre crise quem pede uma mala chanel é vitima de tudo e mais alguma coisa…

    Quanto ao blogue, sou Alexandra, sou grande, tenho dois metros de altura fora os saltos e sim gostei e este até podia ter sido o nome do meu blogue… Um beijinho e bom quase fim-de-semana!

  4. fake

    exactly. eu também andei perto do que tu escreveste e lembrei-me de mais uma. ser treinador de bancada em futebol já deu, agora é em marketing. qualquer um sabe pela campanha, a intenção da marca e vai daí tem toda a legitimidade em comentar. ser cutucado por marcas a todo o instante, confere um curso superior aos atingidos, parece.

Post a comment

You may use the following HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>