Sete cabeças e uma resolução

Já há tempos que sei que não moram lobisomens debaixo da minha cama nem há ciclopes dentro do armário. O Pai Natal, esse, pediu-me emprestado este ano as minhas botas altas e a peruca loura de Kurt Cobain, por isso também já não o acho assim muito credível. O que tenho visto muito por aí, infelizmente, são bichos de sete cabeças. Tantos, tantos que tenho continuado a acreditar neles. Por isso, a minha resolução de ano novo não tem nada a ver com dietas detox e planos de poupança. Este ano vou matar todos os bichos de sete cabeças que há por aí. O que vivia na minha está aterrorizado. Vai ser o primeiro a ir.

Um bom ano livre de bichedo para todos vocês!

9 comments

  1. Mak

    Por falar em matar o bicho, aquele peganhento do Iran Costa ainda é vivo?

    Fora isso, sou apologista de qualquer resolução que meta medo, seja a nós próprios, seja aos outros. É uma forma de não acumular stocks de adrenalina.

    • Alexandra

      Era de pensar que já tivessem feito uma mala ou uns sapatos com o homem, mas parece que não.

      Espero não ter muito medo. É coisa que me desconsola um bocado, mas lá para isso da adrenalina é útil, sim senhor.

Post a comment

You may use the following HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>