Trufas e Sevilhanas

Proliferam como cogumelos e a maior parte deles têm mais características fungícas* que outra coisa. Às vezes, só às vezes, lá se fareja uma trufa. Estou a falar de sites de moda, tendências e bla, bla, bla, e de como ontem encontrei aqui uma preciosidade digna de Périgord: uma boneca sevilhana igualzinha à que comprei na minha célebre excursão aqui ao lado.

Se espreitarem o resto do artigo, verão que o conceito está engraçado e satisfaz na perfeição desejos fetichistas de cuscuvilhar casas, prateleiras e gavetas alheias em busca das histórias que os objectos contam. E nada de tendências carneirada. Ufa!

E agora adeus, que tenho de ir indagar se a minha sevilhana ainda está na cristaleira da minha avó, apoiada na moldura da foto do meu baptizado. Diz que é estiloso tê-la lá para casa.

*Características fungícas dos sites de moda: podem ser alucinogénicos, tóxicos, valer mais do que merecem e ter propriedades medicinais, mas geralmente são só parasitas, cheiram a mofo e encolhem quando cozinhados.
10 comments
  1. Que saudades de te visitar.
    Aprecio dança sevilhana. Que cor, a mulher com toda a sua sensualidade.
    Porque as portuguesas são tão ‘pobres’ no seu folclore? Mania de nos escondermos debaixo de saias disformes, xailes à avozinha. Porquê tanata diferença com os nossos vizinhos?
    Um beijinho

    1. Influências diversas, creio eu. Por acaso, quando era criança mascarei-me de sevilhana num ano e de minhota no outro. Gostei muito mais do vestido às bolas e folhos da sevilhana, mas se formos a ver, ainda hoje uso as arrecadas douradas de minhota que vinham com o fato e nunca mais usaria os brincos de plástico da sevilhana!
      Um beijinho para ti também e volta sempre! :P

  2. Êh pá, o que achei maisbsensacional foi o nome do filho do casal. Se agora tivesse um filho, não escapava, dava-lhe o nome de Elvis Lawrence! Parece um nome tipicamente brasileiro lol!!!

    1. Desde que não fosse Andrómeda Medusa, como outros que eu conheço… :P

  3. Hippie chic é um conceito que me ultrapassa. Parece mesmo um contrasenso. Mas hey, it’s a free world.

    1. Eu começo logo por embirrar com a palavra chic. Ou é o Dâmaso Salcede a dizê-la ou parece-me sempre forçado. :P

  4. epahh aquilo é um papel de parede com caveiras?

  5. Parece-me que sim e gostei muito!

  6. Porra, que raio de merda de artigo é aquele? Ainda estou com o olho a tremer dos nervos. Gente armada em boa e gente que dá tempo de antena a gente que se arma em boa dá-me azia. E às vezes até gases.

    1. É dos fungos. Provocam esses sintomas nas pessoas mais sensíveis, pois é. Eu por acaso estou bem porque só li de viés e fiquei-me antes pelas fotos. Gosto de gavetinhas alheias como disse em cima, ainda que arranjadinhas para fotógrafo ver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.