16 comments
  1. Olha que bem esgalhado!
    Confesso que a série me passou ao lado da primeira vez que passou, mas agora sou fã – não há como não babar ante o rigor das séries históricas «com a chancela» (sinto-me 20 anos mais velha só de usar esta expressão) da BBC.
    O Matthew é que é um bocadinho sem sal, coitado. Nem os tempos de paralítico lhe valeram e, se não se põe a pau, a moça ainda arranja outro turco na 3.ª temporada.

    1. Olha, o rapaz foi crescendo, é o que acho. Hoje em dia, já marchava.
      A série é estupidamente viciante e o guarda-roupa tira-me do sério.

  2. Parabéns pelo blog que é sempre um dos meus visitados,embora descoberto apenas recentemente.
    Uma sugestao, nao dá para alterares o formato dos comentários? Nao intervenho mais vezes porque é uma chatice preencher isto tudo…

    1. Olá Jibóia, obrigado e bem-vindo.
      Sou nova nisto e ainda estou a aprender, mas o que te acontece a ti aqui, acontece-me a mim no blogger! É uma seca, eu compreendo-te. Vou estudar a coisa!

  3. adooooooooooooooooooorooooooooooooooo :)
    tenho ali de concordar com a falta de sal do matthew, mas sou tão fã, tão fã, tão fã da série que já nem quero saber. o sotaque… ui. vi as duas temporadas enquanto estive doente e acho que tinha delírios em British x)

    1. Eheheheh.
      Eu gosto particularmente dos modos educados e contidos da Mary. Nada deste género poderia sair de uma série americana.

  4. eheheh! Essa da senhora de Downton ter sempre a mesma expressão está fantástica (embora a actriz que a encarna seja excelente). A série é realmente a não perder.
    Só uma pequena nota: não é da BBC e sim da ITV

    1. Excelente, mesmo. Eu adoro um vilão com problemas de consciência.
      Vic, aposto que também gostas do guarda-roupa…?

      1. É verdade. O guarda roupa é fabuloso, meticulosamente escolhido. E aqueles criados de quarto são o máximo. Já viste bem aqueles senhores que nem para apertar os atacadores dos sapatos se dobravam? E há um pormenor interessante: há uma determinada altiura em que se assiste a um diálogo entre o senhor de Downton e o Bates, com o 1º a pedir um conselho ao criado, sobre que botões de punho deveria usar para determinada ocasião.
        Já agora deixo um alerta: a Fox Crime anda a apresentar aos sábados pelas 21,30h uma série policial inglesa(também da ITV), Midsomer Murders, que é das melhores que tenho visto nos últimos tempos.

        1. VdeAlmeida, aposto que ias adorar esta: ““The Crimson Petal and the White”. É uma minissérie de 4 episódios mas está mesmo muito boa.

        2. Os criados pessoais deviam funcionar um bocado como fashion adviser/guia de estilo. Tanta regra para ter em mente, quem é tinha tempo para isso com aquela vidinha ocupada? Pergunta-se ao criado… Daí que fosse tão complicado arranjar um de confiança. Lembro-me também da outra a treinar caracóis com o ferro de cabelo nela própria, para depois fazer à Miss. Delicioso.
          Uma coisa que adoro é que as roupas se repetem. Ricos sim, mas muito terra a terra, nesse aspecto.
          Vou espreitar essa série que recomendas.

          1. Outra coisa muito curiosa é o respeito pelas hierarquias. O mordomo não se mete nos assuntos da governanta e vice-versa. E na cozinha, apesar dos seus cargos serem superiores, não tinham cabidela: aquilo era território da mrs. Patmore.

  5. Fantástico. Tal como a série. Desde a “The Crimson Petal and the White”, que não via uma série assim interessante.

    1. Ui, ui, também vi essa!
      Os brits sabem-na toda. Ando a ver se apanho outra de época, esta BBC, de um livro que li o ano passado:
      http://www.bbc.co.uk/drama/tippingthevelvet/

  6. Ainda não vi a série, mas tenho muita curiosidade, sei que começou no sábado na SIC, mas não tive oportunidade de ver. A ver se trato disso.

    1. Não percas! Está muito bem feita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.